Artigos

As Origens da Questão Roustaing

Jean Baptiste Roustaing As Origens da Questão RoustaingEscreve: Chrysanto de Brito (In Memorian) O trabalho que se vai ler foi-me enviado em 1981, quando eu estava concluindo a preparação do livro “O Corpo Fluídico”. Foi do saudoso amigo Francisco Klörs Werneck a gentileza da remessa. Mas o meu livro estava já no prelo, de modo que não pude aproveitá-lo, como de resto, a muitas outras colaborações que recebi na época. Dou-o ao seu conhecimento, agora, leitor, no momento em que a segunda edição do “Corpo Fluídico” está sendo lançada. Não sendo inédito, este trabalho é, no entanto, totalmente desconhecido, pois ...
Leia Mais

Mensagem Atribuída a Allan Kardec

Meus Irmãos analisem esta mensagem, atribuída a Allan Kardec e verifiquem a linguagem e a estrutura do texto, procurando ver o quanto o Espiritismo no Brasil foi e está sendo vítima de ardilosas mensagens apócrifas com nomes respeitáveis. Para justificar atitudes de Associações! As "instruções" de Allan KardecAutor: Canuto de Abreu.Livro: Bezerra de Menezes   A 5 de fevereiro de 1889 manifestava-se Allan Kardec através do médium Frederico Pereira da Silva Júnior, mais conhecido por Frederico Júnior, dizendo: “Eis que se aproxima para mim o momento de cumprir minha promessa, vindo fazer convosco em particular e com os espíritas em geral ...
Leia Mais

Kardec e os Exilados

Em A Caminho da Luz, lê-se: “Há muitos milênios, um dos orbes da Capela, que guarda muitas afinidades com o globo terrestre, atingira a culminância de um dos seus extraordinários ciclos evolutivos. “As lutas finais de um longo aperfeiçoamento estavam delineadas, como ora acontece convosco, relativamente às transições esperadas no século XX, neste crepúsculo de civilização”.[1] Mas em termos kardecianos: “Toda teoria em contradição manifesta com o bom-senso, com uma lógica rigorosa, com os dados positivos que possuímos, por mais respeitável que seja o nome que a assine, deve ser rejeitada”.[2] O bom-senso, a princípio, não afasta o que se ...
Leia Mais

Deve-se Publicar Tudo Quanto Dizem os Espíritos?

Deve-se publicar tudo quanto dizem os Espíritos?Revista Espírita, novembro de 1859 Esta pergunta nos foi dirigida por um dos nossos correspondentes, e a respondemos com a pergunta seguinte: Seria bom publicar tudo quanto dizem e pensam os homens? Quem possua uma noção, por pouco profunda que seja, do Espiritismo, sabe que o mundo invisível é composto de todos aqueles que deixaram na Terra seu envoltório visível; mas, em se despojando dele, o homem carnal, nem todos, por isso, revestiram a túnica dos anjos. Portanto, os há de todos os graus de saber e de ignorância, de moralidade e de imoralidade; ...
Leia Mais

Onde Está a Força do Espiritismo?

ONDE ESTÁ A FORÇA DO ESPIRITISMO? O que é Espiritismo?Autor: J. Herculano Pires Fala-se muito em Espiritismo, mas quase nada se sabe a seu respeito. Kardec afirma, na introdução de "O Livro dos Espíritos", que a força do Espiritismo não está nos fenômenos, como geralmente se pensa, mas na sua "filosofia", o que vale dizer na sua mundividência, na sua concepção da realidade. Mas de onde vem essa concepção? Como foi elaborada? Os adversários do Espiritismo desconhecem tudo a respeito e fazem tremenda confusão. Os próprios Espíritas, por sua vez, na sua esmagadora maioria estão na mesma situação. Por quê? ...
Leia Mais

26 Maneiras de Identificar se uma Mensagem provém de um Bom Espírito

Seja você espírita ou não, provavelmente, já se viu em determinada situação em que alguém lhe transmitiu alguma "mensagem", recebida por algum médium, adivinho ou "sensitivo", tendo você como especial destinatário. É muito provável, também, você conhecer pessoas que andam consultando e recebendo instruções de espíritos por aí, na intenção de obter soluções rápidas para seus problemas ou aflições. Há também o caso daquele seu vizinho que "recebe" tal e qual entidade e "trabalha" em casa mesmo. Pois bem, você deve ter ficado em dúvida, sem saber discernir o conteúdo dessas mensagens. Teria sido proveniente de um espírito mesmo? Ou ...
Leia Mais

Minhas Observações do Espiritismo

Minhas Observações do Espiritismo Nasci em uma família católica por parte de mãe e protestante por parte de pai. Até os nove anos, fiz parte da igreja dos Padres, onde fui batizado, crismado e fiz a primeira comunhão. Depois disso, minha mãe converteu-se na Congregação Cristã no Brasil. fui músico e Toquei trompete na orquestra, com 12 anos, fiquei até os quinze, frequentando esta igreja. No momento toda família é desta igreja, inclusive meu único filho, casado e com filho. Frequentando a igreja eu tinha uma curiosidade natural, da idade, em formular perguntas sobre assuntos, que eram lidos na bíblia ...
Leia Mais

Metodologia Espírita

Urge restabelecer a metodologia espírita, nos termos abaixo especificados, a fim de que o movimento espírita não se deixe apanhar pelos inimigos do mundo invisível, desejosos de lançar os fachos da discórdia e estabelecer o regime de displicência doutrinária e, com efeito, atestar o falecimento do raciocínio. Como neste Blog priorizamos antes de tudo o próprio Espiritismo, nos escritos do inesquecível mestre lionês é que fomos buscar as bases de nossa linha de procedimento de divulgação doutrinária espírita, que pode ser bem apreciada em muitos dizeres do Codificador. DOS PARÂMETROS DE ANÁLISE   • "Segue-se que a opinião de um ...
Leia Mais

A Queda do Espírito e o Problema das Origens

O Espiritismo rejeita terminantemente o conceito de queda ou involução do espírito, mesmo que se apresente com os adornos de uma pretensa modernidade. Se apenas no campo genérico do espiritualismo esta ideia fosse considerada, nada me competiria dizer, pois todas as ideias que admitem no homem algo mais que a matéria ali cabem perfeitamente. Entretanto, usarei aqui de certa firmeza por se tratar de tese apresentada, em várias modalidades e por diversos autores, como complemento e até superação de Kardec, sob o falso título de Doutrina Espírita.  Defensores modernos do conceito de queda do espírito dizem, por exemplo, que o ...
Leia Mais

CONTROLE UNIVERSAL DO ENSINO DOS ESPÍRITOS – “Selo de Qualidade Espírita”

CUEE CONTROLE UNIVERSAL DO ENSINO DOS ESPÍRITOS Allan Kardec Se a Doutrina Espírita fosse de concepção puramente humana, não ofereceria por penhor senão as luzes daquele que a houvesse concebido. Ora, ninguém, neste mundo, poderia alimentar fundadamente a pretensão de possuir, com exclusividade, a verdade absoluta. Se os Espíritos que a revelaram se houvessem manifestado a um só homem, nada lhe garantiria a origem, porquanto fora mister acreditar, sob palavra, naquele que dissesse ter recebido deles o ensino. Admitida, de sua parte, sinceridade perfeita, quando muito poderia ele convencer as pessoas de suas relações; conseguiria sectários, mas nunca chegaria a ...
Leia Mais